quarta-feira

Fumadores com mais 1 mês de férias por ano!


Sou fumador. Infelizmente, mas sou. Já houve tempo em que fumei 40 cigarros ou mais por dia (+/- 2 maços). Agora fumo menos, talvez 15 cigarrilhas por dia.

Hoje, numa pausa pra fumaça, visto agora ser proíbido fumar nos locais de trabalho, fiquei curioso como isso iria afectar a minha produtividade e, indirectamente, a da empresa. Fui fazer contas e cheguei a uma conclusão engraçada (ou sem graça nenhuma):

- no final deste ano, comparativamente com o anterior, irei trabalhar, aproximadamente, menos 1 mês!


Ora acompanhem-me lá nestas contas simples:

- imaginem o António, que fuma 8 cigarros durante o horário de trabalho (há quem fume bem mais, mas comecemos por baixo);

- para cada cigarro que fuma precisa de pelo menos 5 minutos (isto em condições ideiais pois há aquelas pessoas que têm que descer de elevador x pisos até vir à rua, entretanto encontram alguém conhecido, etc., mas, como disse já disse, comecemos por baixo)

- esses 8 cigarros/dia correspondem a 40 min/dia, 880 min/mês (22 dias úteis) e 9680 min/ano (11 meses úteis), o que é o mesmo que dizer 161h por ano.

- Ora, se um mês útil de trabalho tem 176h (8h/dia x 22 dias), e se o António passa 161h a fumar, significa que ele passa quase 1 mês útil por ano na fumaça. O que dirão os seus colegas quando souberem que ele tem um mês de férias a mais???

Pensem nisso.

Um abraço,
Vasco Gaspar

Ps:
não se esqueçam que há quem fume bem mais e quem demore muito mais tempo no intervalo para fumar. :)

7 comentários:

Atalívio disse...

Bem, e para aqueles que têm 11 meses de férias por ano, será que fumam um Mês a mais que os outros? :)Infelizmente, também fumo, mas felizmente, o fumar não prejudicou a minha improdutividade. Ok, eu paro de gozar com quem trabalha.
Só queria agradecer-te os comentários no meu blog, os últimos e todos os outros. Foste um bom amigo, obrigado por isso.
Um abraço grande, Vasco.
Á, e só mais um comentário a um dos textos que aqui puseste. A ignorância mata mais que o trabalho! Digo eu!
Um abraço

Vasco Gaspar disse...

Grd Atalívio!

Não tens que agradecer os comentários! Eu é que tenho que agradecer o facto de teres partilhado as tuas experiências. Assim também viajei um bocadito e ficou-me bem mais barato!

Quanto à tua observação sobre a ignorância matar mais do que trabalho, não podia estar mais de acordo. Agora, poderão esses morrer mais satisfeitos? :)

Um abraço

Sofia disse...

Sim senhor, gostei das contas!!! A unica coisa que não gostei foi de ter decidido deixar de fumar neste novo ano!!! parece que foi uma má escolha, afinal 1 mês a mais de férias compensaria os danos aos pulmões e carteira... ou será que não? ;)

Bjs gds!!

Anónimo disse...

E quantos meses de férias têm a mais os que fazem a pausa para o café?
E porque ninguém faz as contas a isso e apenas aos cigarros?
E, já agora, que tal pensar em todas as vantagens que advêm de ter passado a existir novamente um verdadeiro centro de debate e reflexão (o local do fumo)?

Abraço,

João Barros

Vasco Gaspar disse...

Tenho que aprofundar os cálculos! O problema é se chego à conclusão que só trabalhamos 1 mês por ano! :)
Quanto aos novos locais de reflexão e debate é realmente um fenómeno engraçado.
Tenho conhecido diversas pessoas através destes novos espaços!
Nem tudo é mau afinal... :)

Um abraço

Francisco Botelho disse...

E os incontinentes? E os que nunca estão no sítio quando se precisa deles? E os intriguistas? E os lobbystas? Tudo gente muito folgada. Só se lembram de perseguir os fumadores - minoria mais maltratada da actualidade, atribuindo-lhes dependência a um vício. Será que já pensaram que pode ser um prazer?

Vasco Gaspar disse...

Concordo, sem dúvida, com o Francisco. O melhor é mesmo dar férias a todos! :)))